sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Burrice institucionalizada ou mau-caratismo e oportunismo

Não, não falta uma interrogação no título desta postagem.

Por quê?


 

Porque a prefeitura do Rio e o governo do Estado do Rio estão fazendo o melhor possível para tornar a Copa de 2014 uma experiência deliciosa... Sempre que você seja um turista que não tenha nenhum compromisso com a Cidade Maravilhosa, é claro, ou que pense que a cultura e a educação de uma das principais cidades do mundo, o Rio de Janeiro, sejam coisa de pouca importância. O que vem abaixo serve como exemplo desta maneira supimpa de administrar. Imagine o que eles devem estar preparando para os Jogos Olímpicos de 2016. Não, não precisa imaginar. Eu mesmo posso te dar uma idéia.

Introdução 

Uma manifestação ocorrerá hoje, Sexta-Feira, 6 de novembro, entre 16 e 18h, em frente à Escola Municipal Friedenreich (Av. Maracanã, 350, Rio, ao lado da estátua de Bellini), contra a intenção da sua demolição por parte do governo do Estado do Rio de Janeiro.



Para contatar a comissão de defesa da Escola, acesse o Ning. Procure lá por: Rosangela Passos, Carlos Ehlers, Lindemberg Venancio ou Sonia Fonseca.

Você também pode visitar a Comunidade da Escola no orkut.


PRECISAMOS DE QUALQUER AJUDA para ingressar com PEDIDO DE LIMINAR e com ação civil pública contra a tentativa de demolir a Escola, URGENTEMENTE. O Maracanã e toda a sua infra-estrutura interna e arredores são tombados. ¹A Escola Friedenreich está protegida da frieza pelo cobertor de tombamento do histórico estádio do Maracanã e a estátua de Bellini vela pela sua entrada. Não adianta insistir, prefeito e governador (com letra minúscula, mesmo).

NÃO PODEMOS CONFUNDIR DESTINO COM IMPOSSIBILIDADE. A PARTIR DO MOMENTO QUE A POSSIBILIDADE "É" POSSÍVEL, UM NOVO CONCEITO DE VERDADE COMEÇA A TOMAR SENTIDO.Citado por Carlos Ehlers, pai de aluno.

¹ De acordo com o presidente do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional em requerimento enviado ao então na época presidente da Superintendência de Desportos do Rio de Janeiro-SUDERJ, Eduardo Paes, a ratificação de tombamento definitivo, bens situados no Estado do Rio de Janeiro.
Processo nº 1094-T-83- Estádio Mário Filho Filho - Maracanã, Rio de Janeiro - RJ. A medida atinge a edificação, os anexos, o terreno e o acervo inventariado no processo - tombamento. Nesse sentido, o atual prefeito e governador do Estado do Rio de Janeiro sabiam de antemão do processo em relação a área em questão.

 


Alguns dos que estão recebendo esta mensagem: SEPE, Sindicato dos Médicos-RJ, Lucia Hipólito, Ricardo Boechat, Juca Kfouri, Milton Neves, Imprensa em geral, Pelé, Diretoria do São Paulo Futebol Clube, Diretoria do Flamengo, OAB, ABI, todos os senadores, todos os deputados federais, todos os deputados estaduais (RJ), todos os vereadores (Rio-RJ), UERJ, UFRJ, UNIRIO, UFF, Direção do CEFET, IPHAN, INEPAC, SEDREPACH, UNESCO, Professores e Professoras.



O que vem a ser a Escola Friedenreich e a quem ela homenageia



 A Escola Municipal Friedenreich,que fica dentro do complexo do Maracanã (Av. Maracanã, 350), e cuja entrada localiza-se ao lado da estátua de Bellini, está sob ameaça de demolição, por parte do governo do Estado, em dezembro próximo, apenas findas as aulas. Esta escola, fundada em 1965, homenageia o pioneiro craque teuto-afrodescendente brasileiro, ² Arthur Friedenreich (1892-1969, "El Tigre" ou "Fried"), que atuou pelo São Paulo F. C. e pelo Flamengo, numa época em que o termo "discriminação racial" era ignorado no Brasil. Friedenreich foi apelidado de "roi du football" durante a ¹ excursão pela Europa do Paulistano (S.P.F.C.).

A Escola Friedenreich está em perfeitas condições de funcionamento e o seu índice no IDEB (INEP) é superior a 6 pontos, MUITO acima da média nacional e somente comparável ao dos países de "primeiro mundo". Em 2005 recebeu intervenções para melhorias por parte da Prefeitura que custaram quase 300 mil reais. Ela disponibiliza para os seus 500 alunos sala de leitura com computadores e quadra polivalente coberta, adjacente ao Maracanãzinho.

Evasivas da prefeitura do Rio quanto ao questionamento de todo este horror junto ao Ministério Público Estadual do Rio de Janeiro



Questionada no Ministério Público Estadual pela Associação de Pais de Alunos da Escola Friedenreich, a prefeitura do Rio alegou, através de sua secretária de educação, que o prédio pertence ao governo do Estado, portanto nada pode fazer, já que foi avisada somente depois de o edital já ter sido publicado no Diário Oficial do Estado e qualificando a decisão do governo estadual de "irrevogável". Na realidade, esta declaração da SME demonstra condescendência com o projeto do governo do Estado, de vez que não procurou tomar nenhuma medida prática em prol da manutenção deste Patrimônio Cultural e Educacional que é a Escola Friedenreich onde ele está. Não estão sendo suficientemente proativos na comunicação com a Comunidade Escolar. Não estão sinalizando claramente interesse em defender a Escola contra a demolição.


Elefantes atrás das nossas orelhas

 

O mais inquietante é que, pelo que se soube até agora sobre esta "reformulação arquitetônica" do Maracanã visando a adequação do estádio para a Copa de 2014, no lugar deixado pela Escola Friedenreich, o governo do Estado construiria... "nada"!! Divagando: posterior licitação para estacionamento? Fast-food? Lojas de conveniência? Estou apenas divagando em alto e bom som, o que é do meu justo e inteiro Direito de cidadão ultrajado diante de tão grosseira intenção de agredir a cultura, a educação,o legado cultural, a humanidade, a ética, e tudo o mais o que nós os seres humanos de bem prezamos!


Os pais, alunos, ex-alunos e professores avisam: ¡No pasarán!

Pais de alunos, alunos, ex-alunos e professores estamos nos mobilizando para impedir isto, que se assemelha a uma "execução sumária da cultura e da educação".




POR FAVOR, TOME TODAS AS MEDIDAS QUE ESTIVEREM AO SEU ALCANCE EM DEFESA DA ESCOLA MUNICIPAL FRIEDENREICH, seja publicando, seja radiofonizando, seja televisionando, seja entrando em contato com a comissão para manifestar apoio concreto institucional ou jurídico (QUEREMOS UMA LIMINAR - queremos espaços claros para discussão - não queremos ser mais ultrajados do que já estamos sendo). Só dispomos de 15 dias para atingir isto!

Atenciosamente,
Lincoln Sobral
Ex-aluno da Escola Friedenreich (70-80)

O mito e a Escola, um só ser



Friedenreich, artilheiro do Brasil e do São Paulo Futebol Clube, para sempre homenageado na Cidade Maravilhosa, DENTRO do Maracanã TOMBADO, com uma Escola que Educa e une gerações, A Escola Friedenreich. A estátua de Bellini disso é testemunha e guarda a sua entrada.

Viva a maravilhosa miscigenação brasileira que com sua inventividade e criatividade não se deixa abater, driblando todas as dificuldades. Vivam todas as crianças do Brasil!! Queremos mais escolas e não que se as derrubem.

Para quê um terreno vazio depois de demolida a Escola? Fast-food? Estacionamento? Lojas de conveniência?? NÂO, obrigado!!

E a cada estádio como o Engenhão construído, 10 escolas novas obrigatoriamente deveriam ser construídas. Chega de dizer que não há dinheiro para melhorias públicas, enquanto rios dele correm do Estado para beneficiar projetos privados. A Copa do Mundo é um projeto privado que visa ao lucro. Não é estatal e nem social. O Estádio Ninho de Pássaro de Pequim está às moscas. Procurem no Yahoo! e verão.

Queremos a Escola Friedenreich de pé continuando a fazer gol de placa em Educação e ganhando de goleada da falta de instrução e do analfabetismo!

² Friedenreich no YouTube (Paulistano 7 X 2 Seleção da França!!). Três gols de Fried. 1925


A little bit of Friedenreich for the World

Arthur Friedenreich - The Independent (UK)

"If only Arthur Friedenreich had had a drop of Italian blood squeezed into his cosmopolitan veins, it would have mingled with that of the other two great World Cup nations, Germany and Brazil. The striker's father was a German businessman and his mother was Afro-Brazilian. In early twentieth century white-dominated South American football that ordinarily would have spelt a career on the sidelines but Friedenreich wasn't ordinary. Despite having to painstakingly anglicise his features before every match, El Tigre still went on to surpass all goal-scoring feats and while football historians disagree on his exact tally (1,239 is the lowest estimate), no one disputes his lasting legacy."

So we got a deal... Now you politicians repeat with me, please: 

Friedenreich School



in 
 Maracanã
 Rio de Janeiro
 will never be demolished
because it is under protection
 of  Odin, Thör and All Bodhisattvas
of all the ten directions of this Universe






Lincoln Sobral


blog comments powered by Disqus

CEH-RJ

CEH-RJ
Venha Planejar a Nova Sociedade Conosco - Centro de Estudos Humanistas do RJ

CMEH II Simpósio out 2010


www.worldsymposium.org
Estude Inglês
Estude Espanhol

Clique para enviar e-mail:
Loading...

Encyclopedia Mythica

Philosophia Perennis

Tráfego