quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Eventos Históricos no Altiplano Boliviano


A consagração de Evo Morales Ayma
(presidente eleito da Bolívia em 2005)
como "Apu Mallku"

"A posse de Evo Morales representou um momento histórico na política boliviana. Por ter sido o primeiro presidente eleito de origem indígena, Evo fez questão que a sua posse tivesse um forte simbolismo religioso representando o valor de sua origem. Em 21 de janeiro de 2006, vestiu trajes típicos e em cerimonial religioso nas ruínas de Tiwanaku, a localidade mais importante da civilização pré-incaica a habitar o Altiplano Bolivano, que o evento um dia antes da posse constitucional no Parlamento. Cerca de quarenta mil pessoas compareceram ao sítio arqueológico, muitas delas segurando tanto bandeiras da Bolívia, quanto whipalas, a multicolorida bandeira que representa os povos originários do Altiplano.

Morales recebeu o mando originário na pirâmide (ainda em escavações) de Akapana. Ali foi designado como o Apu Mallku, a máxima autoridade originária, vestindo o gorro de quatro pontas que lhe confere poder sobre os quatro pontos cardeais e segurando o báculo da autoridade conferida pelo deus Sol. Foi a primeira vez desde Tupac Amaru que se concedeu este título. Também recebeu inúmeros presentes de muitos grupos que representavam povos indígenas das mais variadas partes da América Latina e do resto do mundo. Curiosamente, o tempo, que permanecia nublado e com ameaças de chuva durante toda a manhã, abriu-se, e o sol brilhou no momento em que Morales era investido no poder às portas do templo de Kalasasaya (templo do tempo e do espaço).

Em 22 de janeiro, foi empossado presidente em uma cerimônia em La Paz, onde recebeu inúmeros chefes de estado, incluindo o presidente brasileiro Luís Inácio Lula da Silva, o presidente argentino Nésto Kirchner e o presidente venezuelano Hugo Cháves. O presidente chileno Ricardo Lagos, cujo país tem um histórico de conflito diplomático com a Bolívia (ver Guerra do Pacífico), também estava presente e se encontrou com o dignatário em particular. Morales descreveu sua presidência como o marco de uma nova era e que 500 anos de colonialismo agora tinham chegado ao fim. Já empossado presidente, Morales foi recepcionado na praça San Francisco por cerca de 100 mil pessoas e jornalistas de todo o mundo."
(Fonte: Wikipedia: http://pt.wikipedia.org/wiki/Evo_Morales)

Evo Morales Ayma esteve presente no II Fórum Humanista Latinoamericano (La Paz, nov 2007), organizado pelo Movimento Humanista. No Fórum, declarou-se "nem de esquerda, nem de direita, mas sim Humanista":

Site europeu:
http://www.giorgioschultze.eu/index.php?lang=por&secc=news&acc=id&idnoti=38&fontsize=1

Site latinoamericano:
http://www.forohumanistalatinoamericano.org/port/



segunda-feira, 20 de agosto de 2007

ONU cria Dia Mundial da Não-Violência: 2 de outubro


Resolução da ONU criando o Dia Mundial da Não-Violência: clique aqui para ler o artigo e baixar o PDF diretamente do site da ONU (espanhol).

Nonviolence United Nations' Resolution in English: click here to download PDF directly from UN website.

Site da Marcha Mundial pela Paz e a Não-Violência
(World March for Peace and Nonviolence)

segunda-feira, 6 de agosto de 2007

Uma cultura


Assurinin

Um líder indígena da tribo Assurinin, da Floresta Amazônica, comparece à inauguração de uma exposição fotográfica sobre a cultura Assurinin, no Congresso Nacional (Brasília), em 2 de agosto de 2007

Foto: Eraldo Peres / Associated Press


An indigenous leader of the tribe Assurinin from The Amazon jungle attends the inauguration of a Photograph exhibit on the Assurinin culture at the National Congress in Brasilia on Thursday, Aug, 2. Photo: Eraldo Peres / Associated Press

CEH-RJ

CEH-RJ
Venha Planejar a Nova Sociedade Conosco - Centro de Estudos Humanistas do RJ

CMEH II Simpósio out 2010


www.worldsymposium.org
Estude Inglês
Estude Espanhol

Clique para enviar e-mail:
Loading...

Encyclopedia Mythica

Philosophia Perennis

Tráfego