quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Marchando e sambando

Venha marchar pela não-violência na praia mais famosa do mundo!


Com o auxílio luxuoso de bateria, mestre-sala e porta-bandeira e integrantes da G.R.E.S Estácio de Sá!




Marcha Mundial pela Paz e a Não-Violência na praia de Copacabana dia 19 de dezembro, Sábado, a partir das 8 da manhã (concentração na Av. Atlântica na altura da Figueiredo de Magalhães).


Arte: Valdir Silveira

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Receita secreta

Propinettone di Natale
Receita sugerida pelo colunista José Simão e explicada pelo chef Angelo Polveroso




Ingredientes:

  • uma ficha de filiação partidária nova
  • um mandato (de bom tamanho)
  • contatos com empresários (a gosto)
  • uma porção de interesses mútuos (a gosto)

Modo de preparo:

  • Filie-se a um partido político usando a ficha de filiação
  • Concorra a um mandato (atenção: voce precisa ser eleito para concluir a receita)
  • Depois de eleito, contate empresários e peça-lhes "benefícios" em troca de benesses da adminstração pública sob o seu mandato. Se tiver sem idéias sobre o que propor, clique aqui
  • Misture muito bem os contatos empresariais com os interesses mútuos; quanto mais bem misturados, melhor resultará o propinettone
  • Asse em forno médio até dobrar de tamanho (no mínimo) e *dourar*, ou seja, conclua as negociações exitosamente; mantenha os olhos bem abertos para não ser pego de surpresa e perder o ponto
  • Pronto. Humm, que aroma celestial! Você fez um legítimo e delicioso propinettone di Natale!




Esta é a versão da receita para gestores públicos (políticos com mandato). Para fazer a também deliciosa versão empresarial, basta adaptar os ingredientes e / ou a ordem de preparo.

Apesar de ser especial no Natal, esta iguaria (o propinettone) pode ser preparada e degustada em todas as épocas do ano! Pode ser acompanhada de vinho. Mas lembre-se: não exagere, pois "in vino, veritas"  :)

  • Rendimento: váááárias porções.

Observações:

(1) Caso a iguaria seja descoberta, alegue que era tudo para 'distribuir para os menos favorecidos' e, se não funcionar, ameace revelar as receitas dos seus adversários (e as dos seus correligionários também).

(2) Se quiser se redimir – em parte – e "ajudar os menos favorecidos", não vacile em revelar as receitas dos outros.



*-*-*

Imagem 1: country.com.br
Imagem 2: chocolatefountainrental.org

Uma bonita atividade cultural

Resgatando a confraternização em comunidade

Em Perus (Sampa), a Comunidade Cultural Quilombaque e Ecos promoveram no último sábado (5/12) mais de 12 horas de atividades culturais (grafitti, confraternização, shows de rap) na Travessa  Cambaratiba, durante o evento Perusferia - Artevismo no Beco, que atraiu mais de 5 mil moradores e passantes. O tema do evento foi "Homens pelo fim da Violência contra a Mulher".


 A ç ã o!


 
"Quando impediu Madalena de ser apedrejada, 
Cristo foi contra o feminicídio"


P a r t i m p i m


S h o w


Sem palavras



Saiba como foi tudo e veja todas as fotos aqui.

*-*-*

Imagens: Márcio Ramos

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Panettone indigesto

Apenas a ponta de um iceberg

Guardei uma reportagem publicada em O Globo, de dois anos atrás, sobre as condições em que vivia uma família em uma cidade-satélite do Distrito Federal e em que condições as crianças iam para a escola. A única maneira de se lavarem era usar a água de um poço semiputrefato em uma obra abandonada próxima à barraca de pau e plástico em que viviam. O meu coração ficou muito apertado quando li aquilo. E aquilo tudo  estava (está?) acontecendo no DF, a poucos quilômetros dos centros decisórios da Naçao!  Era tão chocante a coisa toda, que não adiante eu falar sobre. Vou ter de escanear o artigo e adicionar a este post, pra vocês mesmos lerem o original; aguardem.

E agora isto, o "Panettone Gate"



Vídeos gravados pela Polícia Federal (?) mostrando o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, secretários e "colaboradores" embolsando maços de dinheiro em negociatas. Não é necessário explicar muito. Procure na grande rede. Ouça nas rádios. Assista na televisão.Uma [única] imagem vale por mil palavras".

Só mesmo citando a piada do colunista José Simão, sobre a declaração do governador de que "o dinheiro era para comprar panettones para os necessitados": "[José Roberto] Arruda queria comprar a Bauducco". Mesmo assim, não consigo rir.

O sistema representativo faliu! Precisa ser substituído por algo baseado em Democracia Direta, urgentemente!

Por que o sistema político "representativo" faliu? Porque a concentração de poder nas mãos dos eleitos e a ingerência dos donos do grande capital nos negócios públicos são diametralmente opostas aos interesses e necessidades do povo! Não existe mais coisa pública, só privada (com trocadilho). Ou melhor, existem coisas públicas, que são o pagamento de impostos e o cumprimento das responsabilidades cidadãs. E existe coisa privada, ou seja: o destino que se dá aos impostos – para beneficiar o Capital, numa espiral sem fim. O "Panettone Gate", de tão emblemático, pode ser considerado um divisor de águas. Não é mais necessário bater na tecla de que o povo está farto. Mas, para reclamar com propriedade, o povo precisa reconhecer, evitar e denunciar a pequena corrupção cotidiana.

Leituras sugeridas: Documento do Movimento Humanista (com propostas)

A correta classificação da corrupção: violência
A corrupção: violência econômica contra a correta gestão dos recursos do povo

Muitos gestores públicos (chamados de "políticos") exercem violência (seria a grande maioria deles?), ao desviar verbas da educação pública ou utilizá-las intencionalmente mal ou de forma tendenciosa e danosa. Isto se chama corrupção aplicada ao sistema educacional na gestão pública.

A corrupção na gestão pública é um dos nomes específicos para "violência econômica". Embora muitíssimos nomes de formas de violência (quase todos?) possam ser aplicados à "corrupção na gestão pública".

Outras formas de corrupção: desviar verbas da saúde pública; desviar verbas em geral; fazer acordos secretos de uso de recursos públicos em benefício próprio e de privilegiados e / ou apaniguados; negar acesso dos cidadãos a quaisquer detalhes da administração pública que estejam sob a sua responsabilidade; manipular a opinião pública para criar tendências sociais em favor de interesses particulares (corrupção + violência psicológica); destruir, prejudicar, eliminar ou danificar os ativos (humanos e não-humanos) do Estado, tais como: categorias profissionais, bancos de dados e instalações públicas (entre muitos outros), com o objetivo de prejudicar o governo subseqüente de um partido político opositor na implementação do seu programa de governo – não sei se qualificar isto apenas como "violência" seria o suficiente.
Financiar obras e melhorias com o único objetivo de repassá-las à administração privada posteriormente (geralmente, a preços subfaturados), para gerar lucros para uma minoria empresarial. Corrupção passiva derivada da corrupção na administração pública: receber pagamento direto ou indireto de gestores públicos para dar-lhes visibilidade na mídia; receber benesses de gestores públicos para atacar ou denegrir a imagem dos seus adversários (leais ou desleais) – ambas com a finalidade de perpetuar o poder do corruptor.

[Excerto do artigo "Pequenos Gandhis", publicado neste mesmo blog]

*-*-*
Imagem 1: welcometuscanyitaly.com
Imagerm 2: Agência Estado

CEH-RJ

CEH-RJ
Venha Planejar a Nova Sociedade Conosco - Centro de Estudos Humanistas do RJ

CMEH II Simpósio out 2010


www.worldsymposium.org
Estude Inglês
Estude Espanhol

Clique para enviar e-mail:
Loading...

Encyclopedia Mythica

Philosophia Perennis

Tráfego