terça-feira, 19 de maio de 2009

Free Interpretation Brought Back

Free Interpretation Redux is an Inquiry into the Background of Vengeance, Violence and Nonviolence written with excerpts from the blog of the same title by Godi D. Gutierrez. He tries to look for answers to the question, what is the foundation and root of violence and vengeance (in the context of the Western culture). He also tries to tackle the issue of reconciliation, perhaps, come up with a sort of resolution on how the problem of violence and vengeance could be overcame individually and socially and to give a more ample definition of active nonviolence and its role in today's world. (click on the image to buy it at Lulu.com).



Quero anunciar o lançamento do livro do meu amigo Godi Gutierrez: "Retorno à Livre Interpretação". O livro é uma investigação sobre o histórico da Vingança, da Violência e da Não-Violência, baseada no blog de mesmo título (Free Interpretation Redux), escrito por ele mesmo, Godi D. Gutierrez. Brevemente será lançado em português e espanhol.


segunda-feira, 4 de maio de 2009

"Paz sim, passividade não!" - Augusto Boal (1931-2009)




A melhor maneira de homenagear este grande teatrólogo e provocador de mentes em favor das liberdades cidadãs é reproduzindo as suas próprias palavras e espalhando-as pelo ambiente virtual, onde ele também se encontra, neste momento
.

"Quanto a fase nacionalista do teatro foi sucedida pela nacionalização dos clássicos, o teatro chegou ao povo, indo buscá-lo nas ruas, nas conchas acústicas, nos adros de igrejas, no Nordeste e na periferia de São Paulo.

"Esses espetáculos, festas populares, eram gratuitos, mas o artista é um profissional. Conseguia-se apoio econômico que tornava o desenvolvimento possível.

"Já não se consegue. A platéia foi golpeada. Que pode agora acontecer?

"O único caminho que parece agora aberto é o da elitização do teatro. E este deve ser recusado, sob pena transformarem- se os artista em bobos de corte burguesa, ao invés de encontrarem no povo a sua inspiração e o seu destino.

"O beco não parece ter saída. A quem interessa que o teatro seja popular? Descontando- se o povo e alguns artistas renitentes, parece que a ninguém de mando e poder.

"Vindo o que vier, neste momento de morte clínica do teatro, muitos são os responsáveis: devemos todos analisar nossas ações e omissões.

"Que cada um diga o que fez, a que veio e por que ficou. E que cada um tenha a coragem de, não sabendo por que permanece, retirar-se."

Augusto Boal aderiu à Marcha Mundial pela Paz e a não-violência com a frase:

"Paz sim, passividade não!"

*-*-*

Imagem: Augusto Boal recebe o "Prêmio Transfronteiras pela Paz e a Democracia" no Teatro Abbey, em Dublin (Irlanda). 3 de abril de 2008. Fonte: Wikimedia commons.

Terráqueos: uní-vos!!


Oops! Hoje o Movimento Humanista completa 40 anos!! As ideologias não morreram. Elas estavam só descansando um pouco, depois de apanhar bastante (se é que você me entende). Ainda existe futuro!! Faça a sua adesão à Marcha Mundial pela Paz e a Não-Violência preenchendo o formulário abaixo, para:

  • entrar na lista
  • ser informado dos eventos
  • participar quando quiser e / ou
  • formar um comitê no seu bairro, condomínio, escola, sindicato, empresa etc.
Antene-se: a Marcha Mundial passará pelo Brasil em outubro. Texto explicativo sobre a marcha: clique aqui. Para fazer o download desta ficha em formato .doc, clique na figurinha no topo deste blog, à direita.

sexta-feira, 1 de maio de 2009

Causas da gripe suína

A criação intensiva de animais para abate e consumo confinados em condições higiênicas não ideais pode provocar recombinação de vírus e sua posterior transmissão para o ser humano. Isto aconteceu antes com aves e, agora, com porcos. As autoridades de saúde alertam sobre o surgimento de "novos vírus", mas omitem a causa do seu surgimento, quiçá por pressão de governos e empresas. Agem como se a recombinação de vírus de animais e sua transmissão para o ser humano fosse um fenômeno 'natural'. Além disso, avisam que "os medicamentos existem em quantidade suficiente e que não há motivo para alarme". Claro, os grandes laboratórios estarão sempre a postos para cobrir as burradas feitas pelo setor primário: ambos lucram (e muito) com isso.

Outro problema grave é o uso de antibióticos em animais de criação, o que causa desequilíbrio ecológico e afeta a saúde humana, no mínimo. Leia, no documento em PDF mais abaixo, dois informes da Agência de Notícias Frei Tito para a América Latina, que abordam o assunto. Até quando o lucro desmedido estará acima da saúde humana? Transparência já, para que possamos optar!!
Imagem: Viva sem Crueldade


Informação profilática



Etiologia da enfermidade



CEH-RJ

CEH-RJ
Venha Planejar a Nova Sociedade Conosco - Centro de Estudos Humanistas do RJ

CMEH II Simpósio out 2010


www.worldsymposium.org
Estude Inglês
Estude Espanhol

Clique para enviar e-mail:
Loading...

Encyclopedia Mythica

Philosophia Perennis

Tráfego